Pudor, modéstia e elegância católica VS movimento hippie nudista neopagão – Dr. Plinio Corrêa

14-7-1971 SEFAC (Semana de Estudos para formação anticomunista) da TFP

Também retirado de: http://www.oprincipedoscruzados.com.br/2015/12/a-escritura-papas-santos-e-teologos.html

***

Nós temos agora, a subversão hippie, a subversão contestatária, etc. Os senhores já tiveram uma conferência sobre o hipismo, creio eu e não vou repetir o que já foi dito. O sabem que é um movimento que não existe sob a forma de um partido ou de uma associação definida, mas é uma espécie de lepra ou de erisipela, que vai cobrindo todo o corpo da sociedade contemporânea, e cujo espírito é anárquico.

(Aparte: Há altas cúpulas no hipismo?)

Eu acredito que o hippismo que sim, mas para os olhos do público isso até agora não apareceu. E se bem que eu, como professor de História, tenha certeza disso, porque conheço o modo de operar destes mo-vimentos, diretamente quanto ao caso hippie ainda não tive nenhuma prova.

O hippismo não consiste apenas no fato de que alguns jovens se entregam à vida hippie, não é isto apenas. Mas é de que incontáveis jovens que não se entregam à vida hippie, vão tomando hábitos hippies e mentalidade hippie.

Nós poderíamos considerar o hippismo em três de suas realizações, em três de suas agressões: a a-gressão moral, sexual, vamos dizer. Se os senhores quiserem, podem falar em terrorismo sexual, porque é um verdadeiro terrorismo sexual. Depois o terrorismo indumentário, que diz respeito aos trajes. E o terrorismo político.

O terrorismo sexual se manifesta pelo seguinte: a generalização da mini-saia, do short, e até em alguns países, de formas ainda mais execráveis de imoralidade. Por exemplo, os senhores sabem que na Suécia existe, em todos os países civilizados, existe evidentemente, casamento para pessoas, para ligar pelo laço conjugal, pessoas de sexo diversos. Na Suécia, existe casamento legal possível de homem com homem ou de mulher com mulher. Uma maior abominação não se pode imaginar. É a última palavra.

Em Nova York, há meses atrás, os homossexuais realizaram um desfile reclamando a impunidade; que a homossexualidade não seja mais crime. As mulheres homossexuais também realizaram um desfile paralelo. Quer dizer, a última palavra da ignomínia, não se pode descer mais baixo. Na Inglaterra, a lei re-primindo a homossexualidade foi revogada. Razão dada e que convenceu a Câmara dos Comuns e a Câmara dos Lordes: é que a homossexualidade se espalhou tanto que não é mais possível puni-la.

Os senhores compreendem o que isto quer dizer como imoralidade.

  • Não se vêem as abominações praticadas no mundo ocidental e cristão nem sequer en-tre as nações pagãs

Esses são fatos, que não se vêem, não se viram, nem sequer na maiorias das nações pagãs de antes de Jesus Cristo. Nem ali houve coisas dessas.

Para tomar um exemplo posterior a Jesus Cristo, mais perto de nós, os senhores tomem os inimigos dos nossos antepassados, portugueses e espanhóis: os mouros. Os senhores comparem a mulher moura, que andava com [tchador], aquele véu, que cobria o rosto até os olhos, e toda envolta em panos, e que era a pagã do tempo das cruzadas, com a católica dos dias de hoje, que se apresenta de short na rua e que vai comungar de mini-saia. Os senhores compreendem como o paganismo se tornou pior aqui do que do lado da lá.

Os senhores tomem uma japonesa em trajes tradicionais, uma chinesa em trajes tradicionais, uma hindu — são nações pagãs — são todas cobertas. O traje comum é púdico. O despudor nos trajes nossos, chegou ao auge.

A doutrina da Igreja ensina a esse respeito que o corpo humano se divide em três zonas: a zona in-diferente, a zona semi-pudenda e a zona pudenda.

A zona indiferente é a que se pode mostrar sem prejuízo nenhum para a moral de ninguém: o rosto por exemplo, as mãos etc.

A zona semi-pudenda é aquela que não é diretamente imoral mostrar, mas que uma moral exímia, preferia que não mostrasse. Quer dizer, não deixa de envolver um certo prejuízo para o pudor. Vamos dizer por exemplo, os braços inteiramente nus — o braço inteiro, não esta parte pequena do braço – são considerados como a exibição de uma parte semi-pudenda do corpo. Não se pode dizer que uma mulher que mostra os braços inteiros nus, que ela está diretamente imoral. Mas a moral tradicional da Igreja vê isto mal, prefere que não seja. Durante muitos séculos, e séculos e séculos, até anos atrás, a Igreja não dava comunhão à mulher que se apresentasse para comungar de braços de fora. Eu acho que alguns dos senhores aqui desta sala ainda conheceram isto. Essa é a parte semi-pudenda do corpo.

Agora, as partes pudendas do corpo, são não só as partes em que se dá a perpetuação da espécie, mas certas zonas que por uma certa conexão, sendo mostradas, despertam violentamente o instinto sexual. Isto são as partes pudendas do corpo. E mostrar a parte pudenda do corpo, é um pecado mortal, em si.

Então, segundo a doutrina da Igreja, mostradas as partes pudendas do corpo, a tentação carnal se torna violentíssima e muitas vezes incontenível. É por isso que não deve mostrar.

Agora, a que é que fica reduzida a moralidade de um povo, que toma o hábito de mostrar as partes pudendas? Porque as partes das pernas que ficam acima dos joelhos, são partes pudendas. Não se pode mostrar sem pecado mortal. Sobretudo o short. Os senhores estão compreendendo que é um incêndio sexual que essas coisas preparam.

  • O “casamento” entre homossexuais é um sintoma que precede imediatamente a morte de nações; exemplo da Grécia antiga

O que dizer da homossexualidade, quer masculina, quer feminina? Que é pecado mortal? É dizer muito pouco. É dos pecados que a doutrina católica qualifica como pecados contra a natureza, que clamam ao céu – diz o catecismo, diz a doutrina católica – e bradam a Deus por vingança. Sodoma e Gomorra foram destruídas porque praticavam a homossexualidade. Esta é a razão diretamente explicada na Bíblia. Esta é a razão. Por quê? Porque é um pecado que atrai a cólera de Deus. As nações onde a homossexualidade se vai generalizando, são nações que caminham para a sua completa decomposição.

A Grécia antiga, por exemplo, tinha casamentos entre homossexuais, mas é uma coisa que marcou o fim da Grécia, que acabou com ela. É um sintoma assim… como para um agonizante quando ele fica com os olhos vidrados, fica lívido, já não se move mais, se diz que é um sintoma que precede imediatamente a morte, assim se deve dizer da homossexualidade. Precede imediatamente a morte dos países.

A homossexualidade é protegida por grande número de moralistas católicos de nossos dias. Nós temos toda uma lista de autores católicos, padres, freiras, leigos católicos que dizem o seguinte: que no caso da homossexualidade, se deve favorecer uma monogamia entre homossexuais, para evitar a poligamia que seria pior. Por quê é pior? Eu não sei também. Os senhores estão vendo que caminha para o casamento. Porque onde a monogamia deve ser favorecida, deve haver um contrato que firme isso, que regularize isso, quer dizer, é o casamento. Autores católicos, hein!

Agora, os senhores estão vendo portanto, que a agressão sexual tem todas as características da última degradação, do último fim. Quer dizer, a característica do amor livre, comunista. O comunismo deseja o amor-livre. Isso conduz ao amor-livre. Destrói a família, destrói o casamento, destrói tudo.

A agressão indumentária: a frase pode parecer excessiva – agressão indumentária – mas eu sustento que os trajes de hoje são agressivos. Não há muitos anos atrás, todos os jovens usavam, como os senhores estão usando, paletó e gravata. Não é um traje admirável, mas é um traje decente. Foi a agressão indumentária de inspiração hippie que acabou com o paletó e a gravata.

(Aparte: Isso, não por comodidade da roupa?)

Como pretexto, a comodidade. Mas o senhor vai vendo até onde essa comodidade chega.

Vamos tomar a sua expressão: o pretexto foi a comodidade. Mas no fundo, está a doutrina de que todo e qualquer traje é incômodo. Então, o primeiro movimento foi por comodidade, abolir o paletó. Depois, por comodidade, substituíram os sapatos por uns mocassins e uns semi-chinelos, pantufas, quando muitos hippies só andam agora de sandálias.

Depois, por comodidade, as calças estão ficando cada vez mais estreitinhas, o que é um absurdo, porque a calça larga é que é cômoda. E encolhendo, vão ficado cada vez mais altas. Por comodidade, em muitos lugares, no Brasil por exemplo ainda não entrou, mas entra a qualquer momento – na Europa eu vi, Itália por exemplo -: os homens usam short, quer dizer, uma calcinha de menino, que deixa os joelhos des-cobertos, e a perna toda livre. Por quê? Porque é mais cômodo. Por comodidade as camisas vão sendo usadas com mangas curtas. Por comodidade, os pijamas já não tem golas, e já não tem manga.

Os senhores estão vendo que a ofensiva final é contra a calça. Quer dizer, no fundo, há uma erosão do traje, que chega até o nudismo. O caminho é o nudismo, onde se chega é o nudismo. É uma verdadeira agressão contra a dignidade humana, mas é assim que as coisas se passam.

(Aparte: No Rio, no verão só se usa camiseta normalmente. Normalmente, todo mundo usa camiseta. Em Co-pacabana, etc.

Normalmente é? O senhor vê.

  • Além da imoralidade que contém, a agressão indumentária também é uma agressão contra o bom senso; é o despudor abrindo caminho para a loucura

A agressão indumentária tem outro aspecto: é uma agressão contra o bom senso. Os trajes que ainda existem, são loucamente extravagantes. As cores, são cores berrantes e que não combinam. As modas seguem um ritmo louco, insensato. Por exemplo, ao mesmo tempo a mini-saia e a maxi-saia. É uma coisa louca, pois se é para usar mini-saia, use; e se é para usar maxi-saia, use. Mas não as duas coisas ao mesmo tempo.

O pior é o seguinte: é que a maxi-saia é de uma inutilidade maluca, do ponto de vista do pudor. Porque a maior parte das vezes, ela é cortada, e de dentro dela aparece de repente uma perna nua. Quer dizer, ela é comprida e não serve para cobrir nada. É um traje demente. Quer dizer, há anos atrás, se uma pessoa desenhasse uma maxi-saia, a gente mandava para um hospício. Porque não tem propósito. É como se os senhores virem um homem que entra numa casa de luvas, mas quando ele levanta a mão, a gente percebe que os dedos da mão da luva caem. Ele diz: “é o último tipo de luvas que eu inventei”. A gente diz: “ah, está bem, até logo!” Este é um louco. Porque se a luva é feita para cobrir a mão, não se pode compreender que, de repente, um dedo caia, esse dedo cai. Esse é um louco.

E introduzir uma moda em que o dedo da luva cai, é uma afronta ao bom senso. Esta afronta ao bom senso, a maxi-saia a faz em muitos casos concretos. É uma saia enorme, na qual a mulher parece que está dentro de uma barrica de pano, e de vez em quando sai uma perna de dentro. E uma perna completamente nua. Quer dizer, o que é isso? É uma forma de agressão ao bom senso.

Essa agressão indumentária nos Estados Unidos chegou à loucura. Um dos nossos amigos esteve em Nova York há alguns meses atrás. E ele assistiu nas grandes ruas de Nova York, à parada da loucura. Tem homens, tem mulheres, mas de idade feita, 40 anos, 45, 50 anos, como mocinhos ou mocinhas. Passa um, por exemplo, com penas como um índio. Depois passa uma outra com um turbante como de um negro, depois passa uma outra, quase nua e vestida de mocinha, e com graças. Isso não chama a atenção de ninguém, é normal. Quer dizer, é a explosão completa do bom senso dentro da indumentária.

Se eu fosse falar aos senhores da explosão e da agressão pedagógica, eu não sei onde nós iríamos, porque os métodos de ensino são tão malucos, ao menos no Brasil, não existe mais disciplina entre aluno e professor. Não existe mais aulas em ordem, não existe respeito, não existe método de ensino. O ensino está se decompondo, se erodindo completamente. Eu acredito que nos países dos senhores um pouco mais cedo, ou um pouco mais tarde, isso seja assim, ou já é assim, já vai em mar alto assim.

Modéstia e pudor no vestir para as mulheres – Plinio Corrêa de Oliveira

 

Sem data. Em 1943, Pio XII mandou uma bênção de aprovação para Dr. Plinio pelo livro “Em Defesa da Ação Católica”, que defendia exatamente esse pudor mencionado no áudio em um capítulo.

Veja mais sobre estes temas: https://cruciferos.wordpress.com/2020/06/25/modestia-catolica-modas-diversoes-etc-plinio-correa-de-oliveira

http://www.oprincipedoscruzados.com.br/2014/04/a-escritura-e-os-papas-falaram-de.

http://www.oprincipedoscruzados.com.br/2014/04/santos-e-prelados-deram-medida-de.html

http://www.oprincipedoscruzados.com.br/2015/12/a-escritura-papas-santos-e-teologos.html

http://www.oprincipedoscruzados.com.br/2014/11/razoes-para-evitar-o-jeans-calca-etc-em.html

Áudio editado SEM GRITINHO JOANISTA, COMO TUDO NO CANAL.

ative a legenda automática/activate automatic subtitles/activar subtitulos automaticos/activez les sous-titres automatiques/attiva i sottotitoli automatici

Significado das Siglas https://cruciferos.wordpress.com/significado-das-siglas-das-fontes/

TRANSCRIÇÃO: https://cruciferos.wordpress.com/2020/06/26/modestia-e-pudor-no-vestir-para-as-mulheres-plinio-correa-de-oliveira

Santa Bibiana, rogai por nós!

*********

Sem transcrição. Que a Virgem Co-Redentora lhe pague, se puder enviar.

 

 

 

 

 

Modéstia católica: modas, diversões, etc – Plinio Corrêa de Oliveira

Do livro “Em Defesa da Ação Católica” de 1943, ao qual Pio XII mandou uma bênção de aprovação para Dr. Plinio Corrêa de Oliveira.

3 Parte, Cap.I /

“A) MODAS

b) exigem-se mangas compridas até os punhos para a recepção dos Sacramentos, bem como em toda a ocasião em que esteja exposto o Santíssimo;

c) em qualquer outra circunstância são toleradas as mangas curtas, uma vez que cheguem ao cotovelo;

d) nunca será, portanto, permitido a uma Filha de Maria trazer um vestido de todo sem mangas.

B) DIVERSÕES

Cumpre à Filha de Maria, na medida do possível, somente apresentar-se em sociedade na companhia de sua família (…).

c) Piscinas: É expressamente vedado à Filha de Maria tomar parte em banhos mistos em piscinas.

e) Carnaval: É expressamente proibido à Filha de Maria tomar parte em bailes e em cordões carnavalescos, bem como usar traje masculino ou qualquer fantasia que possa, embora de leve, ofender as regras da decência.

Parágrafo único: O traje masculino é sempre vedado à Filha de Maria, em qualquer circunstância que seja. A proibição dos pijamas estende-se também às praias de banho”.

O livro cita Pio XI em documento de 12-1-1930:

“I – Os párocos e pregadores, quando se lhes oferecer ocasião insistam, repreendam, ameacem, exortem os fiéis, segundo as palavras de São Paulo, afim de que as mulheres se vistam de um modo que respire o pudor e seja o ornamento e a salvaguarda da virtude; . . .

III – Que os pais proíbam a suas filhas a participação em exercícios públicos e concursos ginásticos e se suas filhas forem forçadas a tal participação, velem eles por que elas trajem de modo que respeite a decência, e não tolerem jamais os trajes imorais.. . .

VII – Que, se estabeleçam e propaguem associações femininas que tenham por fim refrear, com seus conselhos, exemplos e ações, os abusos contrários à modéstia cristã no modo de se vestir, e se proponham a promover a pureza dos costumes e a modéstia dos trajes;. . .

VIII – Nas associações piedosas de mulheres, não se admitem as que se vestem sem modéstia; se os membros da associação são repreensíveis neste ponto, sejam repreendidos e, caso não se penitenciem, sejam excluídos”.

2 Parte, Cap.I

“Ninguém ignora os múltiplos perigos, que os bailes trazem consigo. Tais bailes, entretanto, não são tolerados mas recomendados, não são recomendados, mas até impostos: os retiros espirituais durante o carnaval, são considerados uma deserção, pois que o membro da A. C. deve fazer apostolado nas festas pagãs do carnaval.

Houve quem pretendesse que, indo a lugares suspeitos e escandalosos, faria apostolado, levando ali “o Cristo”.

(…)

Combatem, por exemplo, o uso de véus nas Igrejas. Não censuram o uso de calças masculinas para as mulheres, nem o do cigarro”.

Salve Maria!

Destacado

Site continuação do canal “Reino da Virgem Maria” que de 2013-2017 postou mais de 200 diversos áudios de Plinio Corrêa de Oliveira falando sobre variados assuntos.

Agora, além dos áudios embutidos, com diversos escritos ou transcrições de reuniões.

Navegue através do menu acima!

Coloque este site nos seus favoritos!

Acompanhe também o canal no Gloria.Tv (site católico de vídeos), pois o YOUTUBE-GOOGLE, QUE É REVOLUCIONÁRIO, ANTI-CATÓLICO E SODOMITA, provavelmente não deixará um canal Católico e Contra-Revolucionário muito tempo por lá.

Santa Bibiana, rogai por nós!


Ermitão Legionário (reserva) –https://www.youtube.com/channel/UC6J6j-WVyZ2Wg9WeBxuHKBg/videos?disable_polymer=1

Reino de Maria (desde 2014 no Gloria.TV): http://gloria.tv/user/K14bxVssNm7